por / 7 Ago

[BL]DVD The Office, TV por assinatura, Livro O Monge e o Executivo[/BL]

Um canal feito para executivos certamente seria chato para qualquer outro tipo de telespectador, certo? Errado, bem errado.

Lançado no último dia 2, o canal ManagemenTV, tem como foco esse público, mas a programação passa longe do papo chato e formal. Primeiro canal do mundo totalmente especializado nessa temática, ele investe em atrações que têm, claro, as bases no mundo empresarial e de management, mas sem ser pedante ou entediante. Pelo contrário, é até bem interessante para qualquer um que seja um pouquinho empreendedor ou, ao menos, goste de saber a história por trás de marcas de sucesso.

De todos que estrearam agora na Sky (entre eles FashionTV, Sci-fi e Speed Channel), foi justamente o ManagemenTV que mais me interessou. Nesses quatro dias em que o canal está no ar, já me peguei diversas vezes assistindo-o, coisa que não fiz com nenhum outro lançamento da operadora.

É até natural que isso aconteça, já que caminho adotado por eles foi muito inteligente: tratar a complicada temática com bom humor e leveza, misturando informação e entretenimento (fórmula complicada, mas que traz ótimos resultados quando bem aplicada) e mantendo a linguagem simples.


Managementv, Colocado por acessweb

A segmentação da televisão é uma tendência mundial e se mostra cada vez mais presente em nosso país. Cada canal agrada seu nicho, e acabamos com uma vasta gama de opções para atingir todas as demandas. O mérito da ManagemenTV é justamente conseguir ultrapassar seu target, podendo ser assistida sem maiores adaptações por parte do telespectador comum de TV paga.

É claro que nem tudo é simples. Ele veicula programas de entrevista, como “CEO Exchange”, e alguns mais técnicos, que podem ser mais enfadonhos a leigos. Mas contra-balanceia com documentários e programas interessantes até mesmo para aquele público que tem em “O Aprendiz” a máxima aproximação com o mundo empresarial.

Um documentário que assisti e adorei foi o “Inside Saatchi & Saatchi: A Spirited Case Study“, sobre a construção da campanha publicitária para o lançamento da cachaça brasileira Sagatiba na Inglaterra. Mostrando os bastidores da agência e todo o processo de concepção, criação e produção dos anúncios, o programa, exibido originalmente com sucesso pela BBC2 na Grã Bretanha, certamente enche os olhos daqueles que torcem nas provas comandadas por Roberto Justus – ou, para manter melhor a proporção, por Donald Trump – além, é claro, de agradar qualquer brasileiro, que aprecia o esforço para representar o seu país em um mercado potencial.

Ainda não consegui ver, mas estou atento às reprises de “Coca x Pepsi” e “Google Por Dentro”. Nesses casos, somos atraídos até mesmo como consumidores, conhecendo melhor o funcionamento das corporações que fazem parte do nosso dia-a-dia. Parece chato para você?

Pode ser. Então é melhor optar pelos programas ainda mais leves e menos especializados – tanto que já passaram em outros canais. É o caso da versão britânica –e original – do seriado “The Office”, que é ótima e já foi exibida aqui no Brasil pelo Eurochannel e pelo People&Arts. Ou do reality show “The Restaurant”, que mostra a batalha do famoso chef Rocco DiSpirito para conseguir abrir e manter um requintado restaurante italiano em Manhattan, e foi veiculada em 2005 pelo canal Sony.

Produções nacionais ainda não foram lançadas, mas são prometidas para breve. De qualquer forma, o canal é interessante e gostoso de se ver, com identidade visual e vinhetas sóbrias e modernas.

O slogan deles, entretanto, é péssimo: “A gente tem o canal”. Gosto muito mais da frase dita no vídeo que ilustra o post: “Um canal para entender por que o mundo segue em frente”. Eles poderiam trabalhar em cima dela para criar um conceito melhor, não? Se eles assistissem ao “Ad Persuasion” (que exibem às 20h), com certeza ficariam mais inspirados… ;-)

A ManagemenTV é exclusiva da Sky e está disponível gratuitamente por tempo limitado a todos os assinantes – o tal período de degustação. A partir de 20 de agosto, será vendido separadamente, como extra, pela bagatela de R$39,90. Sim, quase quarenta mangos apenas por um canal.

Historicamente, canais vendidos a esse preço não duram muito tempo. Acreditando que o público-alvo tivesse alto poder aquisitivo, a Sky também enfiou a faca na venda à la carte do The Golf Channel. Por mais dinheiro que os potenciais consumidores pudessem ter, acho que eles não se dispuseram a pagar um absurdo desses. Deu nisso: o canal agora faz parte do plano mais básico, aberto a todos os assinantes. Se não der certo nem assim, ele certamente deve deixar o line-up.

A ManagemenTV, pelo menos, conta com experiências anteriores, devido à HSM – empresa conceituada no setor de capacitação de executivos e com uma grande carteira de clientes, que pagam bem caro por seus produtos – que está por trás do canal. Cada exemplar da revista bimestral [bp]HSM Management[/bp], por exemplo, custa R$36,50, para quem faz a assinatura anual. Desse modo, não é de se admirar que cobrem tão caro por sua verão televisiva, não é mesmo?

Só que, em breve, o Grupo Abril também lançará seu canal voltado ao mundo empresarial, o Ideal. O panorama pode mudar caso o Ideal consiga entrar no line-up da Sky – a maior operadora por satélite do país -, e aí a ManagemenTV poderá ter problemas, tendo que repensar toda sua estratégia.

Teremos então uma situação curiosa: Como será que empresas especializadas no competitivo mundo dos negócios lidarão com a concorrência? Essa briga eu quero ver.
Ou assistir.

***

Quem não tem Sky e se interessa pela temática, recomendo que assista ao programa “Mundo S/A”, da GloboNews. Também é ótimo, e dá para assistir online.

[BL]DVD The Office, TV por assinatura, Livro O Monge e o Executivo[/BL]