por / 1 Jan

Feliz ano novo, queridos leitores. Escrevo do Rio de Janeiro, após ver os fogos em Copacabana e ter desprezado todos os rituais que envolvem reveillon na praia – ou até mesmo fora dela. Na virada para 2007, não pulei ondinhas, nem comi lentilha, mas deu tudo muito muito certo. Estou numa fase da vida em que um ano sempre acaba sendo melhor do que o anterior, o que é ótimo. 2007 foi, até hoje (ou ontem…), o melhor ano da minha vida, mas acho que 2008 vai ultrapassá-lo de longe.

Duvida? Olha só o que eu planejo para esse ano que acaba de começar:

- Blogar>
Pois é, mês que vem o OutrOs OlhOs completa 5 anos e, eu decidi, vou me dedicar mais a ele. É absurdo o retorno que ele me dá – a maioria dos freelas que eu faço e dos convites profissionais que recebo, felizmente, em uma boa quantidade é por causa do blog -, que até me envergonho da pouca atenção que dei a ele nesses dois últimos anos. Ele e você, leitor, merecem. Pode esperar um número bem maior de posts e de novidades, como alguns projetos bem legais que pintarão em breve por aqui, além de um novo blog que escreverei sobre um assunto que adoro…

- Me dedicar menos à faculdade
Sim, isso mesmo. Adoro a faculdade de jornalismo e isso é exatamente o que quero fazer da vida, definitivamente. O problema é que, mesmo sem nenhum trabalho fixo, acabo me ocupando várias horas por dia com coisas da faculdade. A ordem agora é otimizar: gastar menos tempo, não deixar mais para última hora e avaliar a real importância de cada passo que dou para a minha formação. Nem tudo vale a pena e, espero, dessa vez vou conseguir deixar meu lado CDF um pouco mais quieto.

- Curtir mais a vida
O ano começou bem, passei o primeiro dia na praia, desencanado. Desde muito novo, fui muito preocupado com carreira e coisas do tipo. Ainda sou, e muito. Mas agora to vendo como a vida é boa e quero aproveitar. Equilíbrio das “vidas” profissional, pessoal e acadêmica é essencial. Preciso aprender como fazê-lo.

- Trabalhar MUITO
Além de esperar me envolver em vários projetos e fazer freelas cada vez mais, já tenho algo certo: 2008 é o ano de me dedicar a minha própria empresa, em sociedade com a Bia Kunze e o Gui Leite. Com ela, vou trabalhar com comunicação e novas mídias, dois de meus assuntos preferidos – e, felizmente, do que mais entendo. Tem coisa melhor do que isso? Fazer o que você gosta, com quem você gosta e ainda ter boas perspectivas?! Já já você vai ver o que a gente está aprontando… ;-)

Tem várias outras coisas, é lógico, mas isso é pessoal demais para cá. Além disso, to no Rio e ficar em frente a um computador já vai contra a lógica de equilibrar as coisas…

Esteja preparado para viver o melhor ano de sua vida você também. Algo me diz que 2008 será ótimo e que, de uma forma ou de outra, a sociedade dará importantes passos, principalmente com relação ao meio-ambiente.

E o seu 2008, como vai ser?

**
Este post foi feito a convite do Manoel Netto numa tag. Detesto memes e coisas do tipo, nunca participei de nenhum que convidaram, mas esse me pareceu simpático e deu vontade de fazer… Tá feito (apesar de não ter revisão, porque não deu tempo!).

  • leanDrow

    Parece que o seu 2008 vai ser recheado de novidades e projetos, Gu! E é ótimo que seja assim.

    Fiquei até curioso pra saber o que você está preparando!

    Todo o sucesso pra você nesse ano.

    Abraços

  • Manoel Netto

    Fala Gustavo,

    Me sinto lisongeado por ter continuado a tag, mesmo sem gostar disso ;-) .

    Sucesso pra você em 2008. Que venham as conquistas da Nova Midia.

    Abraço

  • Thas

    Tomara que tudo dê certo nas suas ‘resoluções’ para este ano. Competente eu sei que você é. Basta se esforçar…

    abs,
    Thas.